Nota de pesar

Geral

Praças em Ação: bombeiros militares fazem salvamento no Rio Araranguá
12/03/2019

A noite estava escura e chuvosa. Era madrugada de segunda-feira, dia 11 de março, em Volta Curta, Araranguá. A correnteza estava forte devido à chuva dos dias anteriores, o que também acumulou galhos e sujeira nas águas do Rio Araranguá. Apesar da baixa visibilidade, os bombeiros militares cabo Marcos Augusto Destro e soldado Alexandre Assis Re realizaram o salvamento de uma mulher que havia se jogado da ponte pênsil e estava sendo arrastada pelo rio.

A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros de Araranguá por volta das 2h37. Com muito esforço, os bombeiros agiram rápido e nadaram até a vítima, que estava boiando com o auxílio de um tronco. “Ela estava se deslocando muito rápido. Fizemos contato sonoro, mas não conseguimos encontra-la porque logo a perdemos de vista. Então resolvemos ir uns metros mais para frente e aguardamos que ela chegasse até nós”, contou o cabo Marcos, que também é aprasquiano. Para que a vítima se aproximasse, os bombeiros nadaram cerca de 1Km contra a correnteza do rio.

O salvamento teve apoio de três viaturas da Polícia Militar de Araranguá, que iluminaram o local. Em determinado momento, o contato visual foi perdido, pois os bombeiros foram arrastados pelo rio.

Além das adversidades provocadas pela escuridão e pela correnteza, os bombeiros tiveram que acalmar e estabilizar a vítima. “Ela estava nervosa, gritando por socorro e pedindo ajuda, até que em determinado momento conseguimos o efetivo resgate. Tinham galhos batendo, a correnteza estava forte e foi bem difícil”, relatou o cabo Marcos. Quando chegaram até a vítima, os bombeiros a levaram até a margem do rio. Como não tinham acesso à estrada, foi necessário abrir caminho pela mata fechada.

Depois de 50 minutos de resgate, os bombeiros voltaram a entrar em contato com a polícia e encaminharam a vítima para o Hospital Regional de Araranguá. Ela havia tentado suicídio, mas se arrependeu.

A APRASC parabeniza o cabo Marcos e o soldado Alexandre que não mediram esforços e arriscaram suas vidas para salvar a vida de outra pessoa. Devemos sempre valorizar o trabalho dos bombeiros e policiais militares, que cumprem todos os dias a missão de proteger a todos.

 

Ouça a matéria na Rádio Web APRASC

 

[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h