APRASC reúne associados da Regional Extremo Sul

Geral

Projeto Golfinho forma alunos preparados para a prevenção a afogamentos em SC
20/03/2019

Santa Catarina encontrou uma maneira educativa de chamar a atenção de crianças e adolescentes para prevenir afogamentos desde cedo. É o Projeto Golfinho, uma das diversas atividades de prevenção e conscientização em todo o Estado, que completou 20 anos de criação pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina em 2018. Na temporada 2018-2019, foram formados 6.222 golfinhos.

Em Palhoça e Paulo Lopes, região atendida pelo 10º Batalhão Bombeiro Militar, o projeto formou 472 novos golfinhos no período. “Ele é voltado a crianças com idade entre 9 a 13 anos. As aulas são gratuitas, com instruções de prevenção e conscientização sobre os perigos do mar, cidadania e meio ambiente. O curso reúne instruções sobre os perigos relacionados ao banho de mar, trabalho dos guarda-vidas e educação ambiental”, explica o aprasquiano sargento bombeiro militar Cláudio Luiz Andrade, da 2ª Companhia do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, que é um dos coordenadores do Projeto Golfinho em Palhoça e um dos idealizadores no Estado.

“É preciso prestar atenção nos locais de banho, atentar para a segurança, evitar que a água passe da linha do umbigo, checar as bandeiras que sinalizam as condições do mar. Isso tudo passamos para as crianças, que cobram dos pais essas atitudes. Mas é preciso ficar mais alerta em áreas que não têm guarda-vidas, como em rios e lagoas no interior”, ressalta o sargento Andrade. O bombeiro recomenda evitar se aproximar de costões para não escorregar. “Também é preciso identificar os filhos com pulseiras contendo dados para contato”, orienta Andrade.

As aulas foram ministradas durante a Operação Veraneio, em todo o litoral catarinense e também na região Oeste, devido ao aumento de ocorrências de afogamento em água doce. No encerramento do projeto, foi realizada a formatura, com entrega de certificados, passeio de Jetski e o tradicional banho de batismo na beira da praia.

Em Chapecó, bombeiros militares e guarda-vidas realizaram pela primeira vez no município aulas do Projeto Golfinho para alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). O curso, com mais de 90 alunos especiais, divididos em duas turmas, teve como objetivo repassar orientações sobre os riscos de acidentes e afogamentos em meio aquático e exercer a inclusão social. As aulas aconteceram nos dias 13 e 14 de março.

Já outro projeto de integração desenvolvido pelos bombeiros militares, o Praia Acessível, atendeu 180 pessoas nas praias de Palhoça nesta temporada. Ele começou no dia 4 de outubro de 2018 e terminou no dia 11 de março de 2019. O aprasquiano sargento Cláudio Luiz Andrade, da 2ª Companhia do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, foi um dos coordenadores na região de Palhoça.

 Ouça a notícia na Rádio Web APRASC

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h