Dia do Soldado

Geral

Vice-presidente Orlando José Machado aponta as demandas dos associados na Regional Sul
16/04/2019

Dando continuidade à série de entrevistas com os diretores da APRASC, entrevistamos, na última quarta-feira, 10/04, o vice-presidente Regional Sul, 3º sargento PM Orlando José Machado. Na Polícia Militar desde 1984, ele passou o dia no plantão de diretores na sede da APRASC, em Florianópolis. A iniciativa do plantão tem por objetivo que todos os diretores acompanhem de perto os trabalhos internos de atendimentos aos associados e de funcionamento da sede.

O 3º sargento José relata que principal demanda é pelo atendimento jurídico oferecido pela APRASC. “O mais importante é o acesso ao advogado. Estamos trabalhando alguns nomes com o escritório central para credenciar novos assessores jurídicos na região Sul do Estado”.

O 3º sargento José também ressaltou que outra responsabilidade é promover ações que busquem não prejudicar os militares na reforma da previdência, além da problemática das promoções dos praças, que estão sendo trabalhados pela APRASC junto ao governo do Estado e aos deputados estaduais.

Aprasquiano, o sargento sempre lutou junto com a associação como apoiador e diz que decidiu integrar a diretoria para lutar pela categoria. “Sempre fui um apoiador da APRASC e quando surgiu a oportunidade dei meu nome para integrar a chapa e agora a atual diretoria. Fomos eleitos e estou aí para trabalhar em defesa dos direitos dos praças. O importante é não deixar faltar a resposta para o associado. Fazemos esta ligação entre a regional e a sede central”.

De acordo com o vice-presidente Regional PM Sul, a diretoria tem sido muito cobrada.

“Minha regional tem 22 municípios abrangidos. Estamos no início do mandato. É natural haver muita cobrança. Temos conversado com os associados, trabalhado na questão da reforma da previdência para que não prejudiquem nossa aposentadoria. Há bastante cobrança também sobre o plano de carreira e promoções, no qual temos uma comissão trabalhando nisso”.

Sobre a divisão dentro da classe, o 3º sargento defendeu que se siga a carreira de praças tomando-se como exemplo a dos oficiais.

O vice-presidente Regional Sul da APRASC, Orlando José Machado, foi único cabo excluído da Polícia Militar entre os 22 que foram retirados dos quadros em 2010 e foi reintegrado em 2012.

“No tempo em que fiquei afastado, a APRASC ajudou a mim e a outros associados que saíram, conforme previsto em artigo do estatuto votado em assembleia geral”.

O 3º sargento José ressaltou a importância de todos os associados acessarem os canais de interação da APRASC para se manterem informados, principalmente em relação ao aplicativo. “Hoje você anda com o celular e pode ter todas as informações reunidas neste app. Dados cadastrais, agendas, notícias, pode ouvir a radioweb, ter informações jurídicas, enviar mensagens, interagir. Baixei o aplicativo e atualizei meu cadastro. É uma ferramenta muito usual”.

Para baixar o aplicativo, basta entrar no Google Play ou na Apple Store, fazer o download e se cadastrar, seguindo os passos indicados. É muito fácil. Saiba mais no vídeo: http://bit.ly/2P8XCGw

 

OUÇA A NOTÍCIA NA RÁDIO WEB APRASC

 

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h