Confira os principais trechos da entrevista da APRASC com o deputado estadual Coronel Mocellin (PSL)

Geral

Entidades dos militares se reúnem com Comandantes da PM e do CBMSC
26/04/2019

A APRASC participou na tarde dessa sexta-feira (26) da reunião com as entidades representativas dos militares estaduais e os Comandantes Gerais do Bombeiro Militar (CBMSC), coronel Edupércio Pratts e da Polícia Militar (PMSC), coronel Araújo Gomes. A APRASC esteve representada pelo presidente, subtenente RR João Carlos Pawlick, pelo secretário-geral, soldado Anderson Gomes da Silva e pelo 1º tesoureiro, subtenente RR Pedro Paulo Rezena.

O encontro aconteceu no Quartel do Comando-Geral do Bombeiro, em Florianópolis e contou também com as presenças do presidente da Aberssesc, subtenente Flavio Hamann; dos presidentes da Acors, coronel Sérgio Luís Sell; da ABVO, coronel José Wolny de Souza; da Associação Coronel João Elói Mendes, representada pelo coronel Vanderlei Souza; da Alvorada, e do subtenente Sebastião José Córdova.

Na oportunidade, foram apresentadas reivindicações, de forma coletiva, visando resguardar os direitos dos militares, bem como melhorias nas condições de trabalho. Os dois comandantes-gerais receberam em mãos o ofício que resume as reivindicações coletivas dos militares estaduais representados pelas oito entidades de classe em Santa Catarina. O mesmo ofício, assinado pelos presidentes de oito entidades, foi encaminhado ao Governador Moisés.

O comandante-geral do CBMSC, coronel Edupércio Pratts, disse que foi uma satisfação ter todas as associações representativas de classe dos oficiais e praças de uma forma emanada e receber as reivindicações da classe, dos militares estaduais. “Então é uma demonstração de congregação e de harmonia, com o foco dos melhores encaminhamentos para os bombeiros e policias militares”, enfatizou.

Ele ressaltou também que foi acordada com o Comandante Geral da PM, coronel Araújo Gomes, que a reunião seria dessa vez no Comando do CBMSC. “É uma satisfação tê-los conosco. Estamos alinhando ideias e projetos para que possamos melhor conduzir as nossas corporações com o apoio das entidades de classe”.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, também fez uma avaliação da reunião. “Eu vejo com olhos muito positivos. Primeiro, pelo grau de maturidade que as associações atingiram entre si, pela capacidade de sentar, dialogar e produzir demandas convergentes que fazem bem à PM e aos policiais como um todo. Em segundo lugar, para um comandante, ouvir quem ele comanda, seus comandados, é fundamental. Na verdade, estar junto com eles é fundamental e as associações representam uma interlocução legítima dessa capacidade de ouvir. Sentar com as associações, ouvir as demandas, entender as necessidades é fundamental”, disse o coronel Araújo Gomes.

Por último, ele destacou que o Comando está e sempre vai estar aberto para ouvir, avaliar e encaminhar as demandas. “A gente entende que é fundamental que a PM tenha bons equipamentos, bom treinamento, boas instalações e que seja respeitada pela sociedade. Mas, acima de tudo, eu tenho a percepção que é uma organização feita de homens e mulheres e que o bem estar da tropa é absolutamente justo e fundamental para que a gente seja uma instituição de excelência. Não há como ser uma instituição de excelência se as pessoas que nela trabalham não têm a condição de trabalho que merecem”, ressaltou.

 

 

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h