Contribuição Previdenciária dos militares da reserva e das pensionistas

Geral

Praças em Ação: Aprasquianos salvam vida de bebê de 40 dias em Pinhalzinho
10/06/2019

O Corpo de Bombeiros de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina, salvou a vida de uma bebê de 40 dias, na manhã desta segunda-feira (10/06). A menina ficou engasgada com o leite materno durante a amamentação. O bombeiro militar soldado André Carlos Galiazzi, associado da APRASC, agiu rapidamente com o auxílio da guarnição da ASU, composta pelo também aprasquiano bombeiro militar sargento Evandro Luiz Rios e pelo agente municipal da Defesa Civil Cleder, além da bombeira comunitária Giordani. O cabo BM Jandrei Emerson Paludo também participou do socorro.

De acordo com o sargento Evandro Rios, familiares que moram em Linha Boa Vista, localidade há 10 minutos do quartel dos bombeiros de Pinhalzinho, levaram a criança às pressas até a guarnição. “Foi fundamental o rápido socorro para o sucesso da ocorrência. A avó e a mãe trouxeram logo a bebê para que pudéssemos adotar as manobras de desengasgue a tempo. A criança chegou inconsciente, arroxeada (cianótica). Ela foi atendida no Corpo de Bombeiros e depois levada pela ASU 392 até o hospital de Pinhalzinho. Se não tivessem trazido a criança a tempo e adotadas as manobras corretas, poderíamos ter perdido a bebê”, relata o sargento Evandro, que está há quase 23 anos no Corpo de Bombeiros e atua na 2ª Companhia do 6º BBM.

A APRASC parabeniza os bombeiros que com profissionalismo, empenho e dedicação salvaram a vida dessa bebê.

 

Orientações

“Tem sido frequente este tipo de ocorrência com lactentes. Ao perceber que a criança está cianótica (arroxeada) e engasgada, o adulto responsável deve virar a bebê com a barriga para baixo em um dos antebraços e fazer a tapotagem (dar cinco tapinhas de leve nas costas com a cabeça um pouco abaixo do nível em que está o corpo) e deixar a criança depois de lado para observar se volta a respirar (conforme mostrado na ilustração). É importante procurar socorro o mais breve possível, acionar o 193 enquanto realiza este procedimento emergencial”, orienta o sargento Evandro Rios.

O soldado Galiazzi e o sargento Rios avaliaram a criança após os primeiros procedimentos necessários, constatando o retorno da respiração, consciência e coloração normal da pele.

A bebê foi desengasgada com sucesso pelos bombeiros e levada para atendimento médico.

 

Ouça a reportagem na Radiowb APRASC

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241 3039-0609

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h