Policiais Militares do 1º BPM fazem aparição surpresa no aniversário de um fã do PPT

Geral

APRASC reúne associados em São Francisco do Sul
11/10/2019

A cidade de São Francisco do Sul foi sede, na noite dessa quinta-feira (10/10), da Reunião da Regional Norte da APRASC. Participaram mais de 40 associados, a grande maioria policiais militares. Na oportunidade, 8 PMs se associaram à APRASC. São eles: sd 2ª classe João Paulo Pechebela, 2º sgt Rodrigo Soares Garcia, 3º sgt Pedro Salvador, sd 2ª classe Guilherme Teixeira, sd 2ª classe Kleber Soares Costa, 3º sgt Douglas Salvador, sd 2ª classe Fernando Marcel Costa da Silva e sd 2ª classe Diego Lima da Cunha.

A APRASC, esteve representada pelo presidente, subtenente João Carlos Pawlick; pelo tesoureiro e diretor administrativo-financeiro subtenente PM Pedro Paulo Rezena, e pelo vice-presidente da Regional Norte, sargento Ezequiel Queiroz.

Na sua fala, Pawlick agradeceu a confiança que os 8 PMS estão depositando nesta diretoria. “Sejam todos bem-vindos e tenho certeza de que vocês não irão se arrepender, pois esta diretoria está trabalhando incansavelmente para que os praças não percam seus direitos e obtenham mais conquistas. Pawlick falou do trabalho que APRASC está fazendo nas redes sociais e que tudo que é feito é postado e divulgado a todos.

É a segunda Reunião que APRASC realiza na Regional Norte nesta diretoria. A primeira aconteceu no dia 4 de abril último, em Joinville.

Desde o início do ano, foram realizadas 14 reuniões regionais. A próxima ocorrerá no dia 17 de outubro em Itajaí (Regional Foz do Itajaí)

Fundação APRASC

Na sua fala, Rezena falou sobre a criação da Fundação APRASC, cujo objetivo será oferecer serviços na área social e de saúde, ampliando assim o atendimento aos praças reformados e da reserva, além dos da ativa. "Todos os associados da APRASC terão direito aos serviços da Fundação, que fará tudo o que a APRASC não pode fazer enquanto associação representativa na luta por direitos. Irá abraçar a parte social, de saúde e não terá despesa para a APRASC, pois se manterá com doações e convênios", explicou.

Rezena também apresentou dados administrativos e financeiros. E reforçou o trabalho transparente que a diretoria vem realizando. “Todas as nossas ações são publicadas diariamente nas nossas redes sociais. Já realizamos duas assembléias gerais e 14 reuniões. Estamos trabalhando com transparência e buscando nas nossa ações sempre resultados eficientes e com eficácia”, disse

 

Reposição Inflacionária e reforma da Previdência

O presidente Pawlick também falou da luta da APRASC pela reposição inflacionária e da pressão que a associação vem fazendo para que o governo efetue o pagamento do que é devido aos militares. Disse que a APRASC conta com o apoio de diversos parlamentares na Alesc, graças ao trabalho de aproximação que a entidade vem fazendo com esses deputados, sensibilizando-os sobre a pauta de interesse dos praças. Relatou que na Assembleia Geral, foi aprovado por foi aprovado por unanimidade que a APRASC entre com uma ação contra o governo do estado pela atualização monetária. 

Jurídico

A advogada do escritório-central Mariana Lixa apresentou a organização jurídica da APRASC e também as novas ações – individuais e coletivas - do jurídico da entidade. Ela ressaltou a qualidade da equipe e os resultados positivos que vêm sendo conquistados. "A APRASC tem uma das melhores assessorias jurídicas entre as associações. Isto é comprovado pelos números e resultados conquistados. Tivemos êxito em 95% dos processos de PADs", afirmou.

Mariana falou também das ações judiciais de proteção à honra militar.
"Se voce, como militar, teve sua honra ferida por uma acusação injusta por sua conduta durante a atividade policial, em especial em abordagens, procure o juridico, relate seu caso para análise de ações judiciais de proteção à honra militar que nossos advogados estão promovendo"

Destacou ainda o atendimento jurídico de plantão. “Somos em 12 advogados regionais por toda Santa Catarina e 6 advogados na Capital especialistas em Direito Militar para atender urgências jurídicas como prisão em flagrante por crime militar, prisão disciplinar, acompanhamento de busca de apreensão e outras situações em que o militar necessite de amparo jurídico emergencial. Nossa equipe ainda conta com psicólogos, assistentes sociais e profissionais integrados para amparo de urgência”, finalizou. Acesse o site NA ÁREA DO Jurídico para saber mais.

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h