APRASC NA MÍDIA

Geral

Militares de SC atuam sem equipamentos de proteção contra o coronavírus
17/03/2020

Em meio à pandemia de coronavírus, policiais e bombeiros militares estão atuando sem equipamentos de proteção contra o vírus, colocando a própria vida e de familiares em risco. Preocupada com a segurança dos trabalhadores da segurança pública e da população, a Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (APRASC) está protocolando ofício na Secretaria de Estado da Segurança Pública, na Secretaria de Estado da Saúde e Comandos Gerais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, exigindo medidas de proteção ao militar. 

Entre as medidas estão: que o atendimento ao público realizado pelos militares seja restrito às atividades urgentes e emergenciais; que afaste, sem prejuízo do serviço militar, todos os agentes que apresentarem sintomas do coronavírus ou que tenham retornado de viagem internacional, nos últimos dez dias, e, ainda, aqueles que configuram o grupo de risco; e que o Estado forneça os equipamentos necessários para a segurança do profissional, a exemplo de máscaras. 

“Nós protegemos a população, mas quem protege o militar? Estamos colocando nossos policiais e bombeiros militares em risco. É inadmissível que deixemos nossos praças atuando sem equipamento, já que este vírus é altamente contagioso. Por isso estamos cobrando das autoridades medidas que protejam o nosso militar”, ressaltou o presidente da APRASC, subtenente RR João Carlos Pawlick.

Galeria de Fotos
[ Últimas notícias ]
POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES LUTANDO PELA SEGURANÇA DA SOCIEDADE
  • (48)3223-2241

Associação de Praças de Santa Catarina - Rua Raul Machado, 139 Centro - CEP: 88020-610 - Florianópolis/SC

Horário de funcionamento
Segunda a sexta-feira 8h às 12h e 14h às 18h